Gabinete de Estudos

 

O Gabinete de Estudos da FESETE é constituído por técnicos nas seguintes áreas: 

Económica; Jurídica; Sociológica; Ensino; Informação; Multimédia; Informática.

Os técnicos que compõem o nosso Gabinete de Estudos continuam a desempenhar um papel relevante na gestão do departamento financeiro, na direcção pedagógica do CEFOTEX, no estudo e preparação das fundamentações económicas da contratação colectiva, no estudo e investigação da realidade dos nossos sectores, na preposição de candidaturas a projectos de interesse para os trabalhadores e Sindicatos, na situação económica e social dos trabalhadores, em iniciativas da FESETE ou em parcerias com outras entidades. 

Reforço da Capacidade Associativa

Realização de um estudo sobre produtividade;

Realização de 2 Seminários

Projecto E-veste - formação à distância para o sector do vestuário

Continuar a execução da parceria com o CIVEC, a ANIVEC/APIV, o CESAE, a UBI.

 

PRINCIPAIS ACTIVIDADES QUE DESENVOLVE

No desenvolvimento da sua actividade sindical a FESETE mantém um vasto conjunto de acções diversificadas ao nível regional, nacional e internacional, das quais podemos enumerar as seguintes; 

· Elaboração de estudos ao nível económico, social e laboral, sobre evolução e caracterização sectorial, tendo em vista aprofundar o conhecimento sobre os sectores de intervenção da FESETE de forma rigorosa e actualizada.

· Definição de projectos transnacionais - ADAPT e outros tendo como objectivo conhecer e aprofundar a problemática com que se debatem as Indústrias Têxteis, Vestuário e Calçado, ao nível nacional e europeu.

· Estudos de novos métodos de organização do trabalho e novos perfis profissionais, em parceria com a DGI, CITEVE, ERGODIN.

· Participação em Campanhas em parceria com o IDICT e associações patronais das ITVC, destinadas à Melhoria das Condições de Trabalho nas Indústrias Têxtil e do Vestuário, nomeadamente na área de Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho. 

· Parceria internacional com Sindicatos congéneres na realização de estudos, Seminários Transnacionais.

· Parceria nacional com Associações Patronais, Universidades, Centros Tecnológicos, Centros de Formação, na produção de módulos de formação à distância, para o sector do vestuário.

· Formação profissional dirigida a trabalhadores no activo das I.T.V.C, trabalhadores no desemprego ou em risco de desemprego, jovens á procura do primeiro emprego, públicos específicos em risco de exclusão e formação pedagógica de formadoras na área da SHST, com o apoio do IDICT. Tendo em conta a representatividade das mulheres nas I.T.V.C. e os problemas com que se debatem quer a nível profissional quer em esferas que ultrapassam este nível, a FESETE elege este público como prioritário.

A FESETE realiza Colóquios, Seminários e Conferências sobre temas com actualidade e interesse para a cultura sindical geral e para um conhecimento aprofundado das I.T.V.C., suas condicionantes e orientações, nomeadamente:

· Novas regras e disciplinas da Organização Mundial do Comércio;

 

Projecto ADAPT

Entre 1999 e 2000, a FESETE participou no projecto EUROTEXNET, com parceiros da Holanda, Alemanha e França. Este projecto visou a identificação e troca de experiências entre os parceiros sobre matérias transversais às actividades das áreas têxtil e vestuário, desde o impacto ambiental e a redução dos respectivos impactos negativos, à requalificação de recursos humanos e introdução de novas tecnologias nas empresas

Com o apoio do IDICT 

Com o apoio do IDICT a FESETE realizou, entre Dezembro de 2000 e Maio de 2001, o curso de Formação Pedagógica de Formadores na Área de Saúde, Higiene e Segurança no Trabalho. Este curso decorreu no Porto com um número de 15 formandos, tendo uma duração total de 200 horas.

Os bons resultados deste curso e o reconhecimento por parte do IDICT da seriedade e capacidade formativa de FESETE, levaram à realização de uma nova acção de formação Pedagógica de Formadores na Área de Saúde, Higiene e Segurança no Trabalho, com 11 formandos.

Com o apoio da Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho

A FESETE apresentou e viu aprovada a sua candidatura no âmbito do projecto OSHA/SME/2002, "Campanha para a Melhoria da Qualidade de Vida dos Trabalhadores e da Competitividade nas PME's do Sector Têxtil e do Vestuário", apoiada pela Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho, da qual se destaca a realização de 2 Seminários, um de Abertura e outro de Encerramento da Campanha, bem como, Sessões de Sensibilização nas empresas; feitura de vários materiais alusivos à Campanha, tais como: desdobráveis; Cd-Rom-Interactivo; vídeos



PARCERIAS E PROTOCOLOS ESTABELECIDOS 
ENTRE A FESETE E OUTRAS ENTIDADES

· Protocolo entre a FESETE, Instituto Superior de Serviço Social do Porto - I.S.S.S.P., Centro de Formação Belga - Febeltex e Centro de Formação Francês - U.N.I.T..

Este Protocolo realizou-se no âmbito dum Projecto NOW para a Bacio do Ave com o seguinte objectivo "Promoção da Igualdade de Oportunidades para a Mulher no Domínio do Emprego e Formação Profissional".

· Parceria, entre a FESETE, a APICCAPS, o Centro Tecnológico do Calçado, e o Centro de Formação do Calçado, para a realização dum estudo  denominado "SEMA" sobre a evolução do Sector do Calçado a nível europeu, avaliando as tendências relativamente ao Emprego e Formação Profissional.

Esta Parceria teve âmbito Europeu e foi promovida pelo Comité Sindical Europeu dos Têxteis, Vestuário e Calçado e a respectiva Associação Patronal Europeia.

· Parceria entre a FESETE e os Sindicatos Belgas e Holandeses congéneres, tendo por objecto a realização de vários seminários sobre os "Perfis Profissionais nas Indústrias Têxteis e do Vestuário".

· Parceria entre a FESETE e a Consultora Internacional ROLOND BERGUER, que teve por objecto a elaboração dum Estudo Europeu  designado "REMTEX" tendo em vista avaliar e Evolução as Tendências da Indústria Têxtil e do Vestuário nas regiões Europeias de Mono-Indústria.

A contribuição da FESETE situou-se no fornecimento de Dados do seu Observatório Social e na participação de Técnicos em Mesas Redondas promovidas no âmbito do Projecto.

· Parceria entre a FESETE e o FUNDATEC, tendo em vista o intercâmbio de Informação na área social e emissão de pareceres de âmbito Social do Gabinete de Estudos da FESETE, sobre Estudos a realizar.

· Parceria entre a FESETE e o Comité Sindical Europeu, tendo por objectivos a criação duma base de dados Europeia (SHOEDATA), sobre a Negociação Colectiva nos Sectores do Calçado e dos Curtumes.

· Protocolo entre a FESETE e o IDICT, para a realização dum "Programa de Sensibilização para as Questões da Saúde, Segurança e Higiene nos Locais de Trabalho".

· Parceria entre a FESETE e a Consultora QUATERNAIRE, tendo por objectivo o fornecimentos de dados de carácter sectorial para os Estudos Estratégicos do Vale do Ave.

· Parceria entre a FESETE, AMAVE e Sol-do-Ave, com o objectivo, de fornecimento de Dados Sociais do seu Observatório Social, participação nas iniciativas da AMAVE, de âmbito regional ou Internacional e troca de informação com a Sol-do-Ave, tendo em vista o intercâmbio na área da Formação.

· Parceria de cooperação entre a FESETE e a Escola Profissional "Bento de Jesus Caraça", envolvendo a cedência de meios físicos, científicos e pedagógicos na área da Formação Profissional à distância, com um polo a funcionar nas suas instalações.

· Parceria com Institute Textile de France; VOC/BETEX (Holanda); FIM Psychologie (Alemanha); GBE (Alemanha) constituindo o rede europeia EUROTEXNET

· Parceria com o IDICT, DGI, CITEVE, SINDETEX, APT, APIV, APIM ANIVEC, ANITT-LAR, ANIL e a AIRC ao nível da Campanha para a Melhoria das Condições de Trabalho - Campanha Têxtil, promovida pelo Instituto de Desenvolvimento e Inspecção das Condições de Trabalho (IDICT).

· Parceria com IDICT com vista à elaboração do Livro Verde: Parceria para uma nova organização do trabalho.

· Participação na rede EWON - Rede Europeia para a Organização do Trabalho da qual constituem parceiros de Portugal, Italia, França, Austria e Finlândia;

· Participação na discussão no âmbito do PREAMP na definição de um quadro legislativo para a promoção da competitividade das empresas e qualificação individualizada dos trabalhadores.

· Participação com CITEVE e Ergodin, no âmbito do projecto IMIT, sobre organização do trabalho e consequências do trabalho monótono e repetitivo.

· Parceria com a D.G.I. no âmbito do projecto IMIT, "Medidas Voluntaristas", na caracterização do projecto: "Contributos da FESETE para uma formação estratégica dos recursos humanos e perspectiva da empregabilidade e da produtividade e da competitividade das empresas na feitura de estudos "As Novas Formas de Organização do Trabalho e a Formação dos Recursos Humanos como Componentes Estruturantes da Estratégia para a Modernização das ITV".

· Parceria com a associação de agricultores do Porto, para formação em tecelagem tradicional, no Porto;

· Parcería no projecto EQUAL, com o CIVEC, CESAE, UBI, UNILOPES e APIV, no desenvolvimento do projecto E-Veste, formação à distância para o sector do vestuário, para: activos do sector do vestuário e confecção com baixas qualificações, constituído maioritariamente por mulheres; desempregados do sector do vestuário; activos do sector em risco de desemprego devido à falta de competitividade das empresas onde estão inseridos.

 OUTRAS PARTICIPAÇÕES RELEVANTES DA  FESETE

· Cooperação tripartida com o INOFOR e Associações Patronais, no âmbito do estudo sobre "A Indústria do Vestuário em Portugal" e novos perfis profissionais;

· Cooperação com o INOFOR e Associações Patronais, no estudo "A Indústria Têxtil em Portugal.";

· Cooperação com o INOFOR e Associações Patronais, no estudo "Curtumes, Calçado e Marroquinaria em Portugal.";

· Participação na Unidade Central do Observatório  de Emprego e Formação Profissional, para os Sectores Têxteis, Vestuário, Calçado e Curtumes;

· Participação a nível Europeu nas Comissões Tripartidas (DGV, Associações Patronais Europeias e Sindicatos), sobre o Diálogo Social e a Criação dum Código de conduta a nível Europeu que engloba áreas da Negociação Colectiva, Igualdades de Oportunidades, Convenções da OIT, Carta contra o Trabalho Infantil no Calçado.

· Participação na Comissão de Acompanhamento da Execução do Programa de Reestruturação e Modernização da Indústria de Lanifícios.

· Participação na Comissão de Acompanhamento da O.I.D. do Vale do Ave.

· Participação na Comissão de Acompanhamento do Programa I.M.I.T., - Reestruturação e Modernização das I.T.V.

· Participação Europeia nas Comissões Tripartidas "BENGEMAN", para avaliação das Consequências para as I.T.V. das novas Regras resultantes do Comércio Mundial no âmbito da O.M.S. e das medidas a tomar.

· Participação nas Comissões Técnicas Especializadas, CTE, sobre os perfis profissionais para o sector do calçado.

· Participação no Seminário Internacional, "A Têxtil portuguesa no horizonte 2010: prospectiva e reflexão", em Junho de 2002, Vila Nova de Famalicão.

· Participação na Conferência sobre o "Futuro das Indústrias Têxtil e do Vestuário depois de 2005", em Maio de 2003, em Bruxelas, Belgica.

· Participação em iniciativas internacionais da Federação Sindical Europeia, dos Têxteis, Vestuário, e Calçado, no âmbito do diálogo social para o sector: Têxtil, Calçado e Curtumes.

· Realização de Seminário Transnacional, com o tema: "Têxteis, Vestuário e Calçado no Mercado Global Estratégias e perspectivas futuras para Portugal", em cooperação com os Sindicatos congéneres alemães  (IG Metal e IG Química, Minas e Energia) com a participação de Dirigentes e Delegados Sindicais das empresas ITVC, dirigentes e técnicos da FESETE, associações patronais, centros tecnológicos, centros de formação, entidades públicas e orgãos de comunicação social; com o apoio da Fundação Friedrich Ebert; do Instituto de Desenvolvimento e Inspecção das Condições de Trabalho (IDICT) e do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP). 

· Realização de Seminário Internacional em Dezembro, sobre os Comités de Empresa Europeus, no Porto, com representantes dos seguintes países: Portugal; Espanha, Itália, Inglaterra, Alemanha, Finlândia e Bélgica, no âmbito das actividades da Federação Sindical Europeia dos Têxteis, Vestuário e Calçado.

 


A FESETE considera muito positivos, a todos os títulos, os resultado obtidos através das parcerias, protocolos e restantes participações anteriormente apresentadas. 

De facto, elas permitiram a abertura de novos horizontes de intervenção e têm vindo a influenciar de forma decisiva a acção da FESETE nos seus diversos domínios.

Sem pretender ser exaustivos, destacamos apenas dois exemplos:

a) - A Parceria entre a FESETE e o I.S.S.S.P.;
b) - A cooperação com o INOFOR.

No primeiro caso, o Estudo permitiu-nos tomar consciência , de forma muito clara, da existência de significativas discriminações que afectam a mulher trabalhadora dos nossos sectores, nas vertentes salariais, carreiras e respectivos acessos e na sua própria vida familiar.

As diversas reuniões técnicas realizadas, entre a FESETE e os Técnicos do INOFOR, estão a influenciar de forma positiva os diversos Estudos preparatórios já realizados e que constituirão um excelente contributo para transformar a indústria do Vestuário por forma a responder de forma positiva aos grandes desafios e mutações com que está confrontada.

Para os trabalhadores da Indústria do Têxtil e do Vestuário, os estudos deixam em aberto um importante desafio que consiste em apontar para novos perfis profissionais mais qualificantes, que, devidamente assimilados por todos os intervenientes (patrões, trabalhadores e Sindicatos), permitirão emprego mais estável, motivador e melhor remunerado evitando assim a partida para outros sectores de actividade à procura das condições que o sector onde trabalham sempre lhes tem negado.

A FESETE recebeu o "Prémio Manuel Lopes", na categoria de Estudos e Investigação, atribuído ao trabalho "As novas formas de organização do trabalho e a valorização dos recursos humanos como componentes da estratégia para a modernização das indústrias têxteis e do vestuário", por ter sido reconhecida a elevada qualidade técnico-científica do trabalho e a sua importância e potencial no âmbito da melhoria da contratação colectiva e dignificação das condições de trabalho.

IDENTIFICAÇÃO DO kNOW-HOW TÉCNICO INCORPORADO PELA FESETE

Um dos efeitos das experiências enumeradas anteriormente, têm-se vindo a manifestar, de forma muito positiva, no projecto formativo da FESETE em todas as suas vertentes. 

É neste contexto que deve ser entendido todo o processo de reorganização que tem vindo a ser implementado quer ao nível da estrutura quer mesmo ao nível dos conteúdos e metodologias de formação.

No entanto, importa sublinhar que algumas das experiências apresentadas anteriormente tiveram também um efeito difusor junto dos parceiros da FESETE.

Isto mesmo  foi manifestados pelos próprios parceiros Belgas e franceses que participaram no Projecto integrado no NOW, ao considerarem muito enriquecedor e até exemplo a seguir nos seus próprios países, a disponibilidade das trabalhadoras para a formação ministrada em regime pós-laboral.


PARTICIPAÇÃO EM REDES NACIONAIS OU TRANSNACIONAIS

Identificação da participação em redes, seus objectivos, âmbitos e 
formas de participação e inter-relacionamento envolvidas

Das diversas redes de cooperação em que a FESETE se envolve faz destacar meramente a título exemplificativo a rede EUROTEXNET enquadrada no programa comunitário ADAPT e cuja actividade terminou em 2000. Constituíram a rede os seguintes parceiros:

· Institute Textile de France (França);
· VOC/BETEX (Holanda);
· FIM Psychologie (Alemanha);
· GBE (Alemanha)

Esta rede permitiu á FESETE durante a realização do estudo Formação e Requalificação das Mulheres no Sector do Vestuário, enquadrado no âmbito do mesmo projecto, a troca de experiências a nível internacional nas áreas dos recursos humanos e formação entre os membros da parceria transnacional.

Do estudo e da experiência adquirida ao nível da troca de esperiências entre os diversos parceiros foi elaborada e implementada uma acção de formação piloto na área de "Afinadoras de Máquinas de Costura Industrial" destinada a mulheres empregadas no Sector da Confecção de Vestuário tendo como objectivo a sua requalificação em ocupações do sector tradicionalmente executadas por homens.

Este projecto que tem como principal objectivo, desenvolver acções para a construção da efectiva igualdade de oportunidades e tratamento entre mulheres e homens.

Permitindo à FESETE a troca de experiências e a aquisição e aperfeiçoamento de "know-how" com entidades com experiência relevante nesta área.